Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

vamosfalardequê

Umas quantas opiniões

vamosfalardequê

Umas quantas opiniões

Vamos falar dos nossos sonhos

Antes de mais, quero dizer que me enganei no meu último post, não possua apenas uma seguidora que conheci numa sala de chat, mas sim duas. Por isso, peço desculpa pela gralha.

Voltando agora ao assunto do título, todos nós temos sonhos em alguma altura na nossa vida e não falo apenas dos sonhos que temos quando estamos a dormir.

Fazendo uma separação entre eles. Os sonhos que temos enquanto dormimos, alguns bons e que queremos recordar e outros que só queremos esquecer. Quando se fala de sonhos é obrigatório falar-se de pesadelos, porque quer queiramos quer não eles também são sonhos. No meu caso eu gosto de lembrar-me de ambos, bons ou maus. Por estranho que possa parecer eu ainda me lembro de um sonho que tive quando tinha apenas 6 anos. Eu estava num local que fazia lembrar uma paisagem de desenhos animados, tudo coberto de relva e árvores, céu azul e bem no meio dessa paisagem estava uma rampa também ela coberta de relva. Eu estava com uns calções de ganga, uma t-shirt branca e uns chinelos de quarto e a única coisa que me passava pela cabeça era subir aquela pequena rampa e saltar. O estranho nesse sonho é que normalmente quando estamos a cair acordamos mesmo antes de bater no chão, mas nesse caso eu caía, levantava-me como se nada fosse e voltava a saltar. Estranho? Diria que sim, mas era um sonho de uma criança de 6 anos. 

Passando agora à parte obscura dos sonhos, não há nenhum que me lembre em particular, mas acho que quando acordamos e pensamos bem nele, percebemos que não foi assustador mas sim sem sentido.

Passando aos sonhos que temos para a nossa vida e que podem mudar ou manter-se ao longo dela, no meu caso foram mudando consoante a idade foi mudando.

Um que tive durante um ano ou assim, foi devido à saga Harry Potter. Eu não queria receber uma carta trazida por uma coruja a dizer que eu tinha sido admitido em Hogwarts, o que eu realmente queria era poder fazer magia sem varinha. Achava que a varinha chamava muito à atenção. Infelizmente, acho que nunca se irá realizar.

Outro que contínua comigo e que acho que nunca partilhei com ninguém, pelo menos como sonho que gostava muito de realizar, era de poder vestir a camisola da nossa Selecção, entrar em campo e fazer um jogo. Pode parecer o sonho de um miúdo que acabou de entrar numa escola de futebol pela primeira vez. E aí é que está a diferença, eu nunca joguei por nenhuma equipa "a sério", o mais próximo que estive disso foi quando há 5 anos fiz parte da equipa de futsal da minha localidade e joguei no torneio da Câmara Municipal. Partilhando um pouco dessa história, no único ano que em participámos fomos ao mesmo tempo campeões e desclassificados. Intrigados? Pois, é que o torneio era apenas para jogadores em idade de júnior e tinhamos na nossa equipa um que já tinha idade de sénior. Após uma goleada imposta a uma freguesia vizinha, eles decidiram fazer queixa. Acrescentando mais um pouco de informação sobre esse caso, nesse jogo onde goleámos eu marquei um golo.

Voltando à minha vontade de representar a Selecção, algo que o mais certo será nunca se realizar vem do facto de eu gostar, às vezes de forma exagerada, de futebol. Mas é preciso descer à terra de perceber que já vou tarde. 20 anos é muito tarde para entrar numa equipa, é certo que ainda tenho uma mínima réstia de esperança. O Liedson começou a jogar aos 22. Mas apesar de sermos parecidos fisicamente, a habilidade com a bola é muito diferente.

Outra forma de sonho, que também já me aconteceu, é o sonho lúcido. Aqueles sonhos em que dizem que temos controlo sobre eles. Se acredito? Sim. Já me aconteceu. Há quem diga que com algum treino é possível ter sempre sonhos lúcidos. Nunca treinei para isso, quando acontecem fico feliz. É diferente. Também li uma vez que o nosso cérebro pode perder um pouco o controlo sobre os sonhos. Algo estranho e um pouco confuso, se é verdade ou não, não faço ideia.

Antes de terminar, há ainda muita gente que acredita que os sonhos têm significados. Sinceramente não ligo muito a isso. Há coisas que não necessitam de um porquê ou um porque não, para quê complicar os sonhos?

Para terminar, acho que é bom sonharmos, abstrairmo-nos da realidade, que neste momento no nosso país não é a melhor.

Por hoje é tudo.

 

Bons sonhos e bons comentários,

 

Warzie

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D